Quem tem direito ao Passe Livre estudantil DF

Confira as orientações e saiba como receber os benefícios do Passe Livre Estudantil DF

Os gastos com transporte coletivo são um dos fatores que mantêm tantas pessoas fora da escola.

Por causa da impossibilidade de pagar pelo metrô, ônibus e outros, esses cidadãos abandonam as suas aulas, mas isso é reduzido no Distrito Federal por causa do Passe Livre estudantil.

Se você mora nessa área do Brasil, entenda mais sobre ele neste artigo.


O que é o Passe Livre estudantil DF?

O Passo Livre Estudantil DF é um cartão emitido a todos os estudantes da rede particular e pública e, com ele, essas pessoas ganham gratuidade total para usar os ônibus em seu trajeto para a escola.

Possuindo o Passe Livre Estudantil, os alunos e os seus responsáveis não têm de se preocupar com os gastos mensais com transporte, já que será possível transitar pela região todos os dias letivos sem nenhum custo.

Esse cartão é, todavia intransferível e apenas para uso em trajeto escolar.

Sendo assim, o estudante não deve deixar que outra pessoa use o seu Passe Estudantil DF, muito menos usá-lo para ir a qualquer outro lugar que não seja a escola.

Quem tem direito ao Passe Livre estudantil DF


Quem tem direito ao Passe Livre estudantil DF?

É preciso somente que o estudante more no Distrito Federal e que comprove que está regularmente matriculado em qualquer ano e em qualquer escola particular ou pública.

Os parceiros para essa gratuidade estudantil são a empresa Transportes Coletivos Brasília (TCB), o Metrô Brasília e o Departamento Urbano do Distrito Federal. Não é preciso que a família do estudante tenha baixa renda para o Passe Livre ser autorizado.


Como fazer o Passe Livre estudantil DF

Os responsáveis pelos estudantes menores de idade e os próprios estudantes com 18 anos ou mais têm de fazer o pedido neste site:

  • À esquerda, é necessário clicar em “Cadastre-se”;
  • Fornecer o CPF do aluno (mesmo que seja menor de idade. As informações sobre os responsáveis serão pedidas no restante do cadastro);
  • Clicar em “Prosseguir”.

Durante o cadastramento do estudante, ele precisará dar informações sobre onde mora e onde estuda, já que é dessa forma que as empresas especializadas ficarão sabendo qual é a rota de transporte coletivo usada.

Na eventualidade de o estudante perder o seu Passe Livre, ele tem a opção de pedir a segunda via no mesmo link fornecido acima: também à esquerda, ele tem de clicar em “2° via” e inserir suas informações de login.

Aliás, a senha será cadastrada pelo estudante quando ele preencher o primeiro formulário.

Existem diversos pontos de entrega e, depois de pedir o cartão de gratuidade no DF, o estudante em de acessar aqui para saber onde retirá-lo. Novamente, será preciso inserir o login.


É preciso trocar o cartão se o estudante mudar de escola?

Instituições particulares e públicas de toda a região estão cadastradas no Passe Livre estudantil DF.

No caso de o estudante mudar de escola, ele não perde o cartão: basta que ele avise o DFTrans e que também comunique o novo trajeto que fará. Assim, as suas novas opções de linha de ônibus também serão conhecidas.

Para reportar a mudança de escola, basta clicar aqui e, depois, em “Troca de instituição”, fazendo o login.


Como o sistema do Passe Livre estudantil DF acompanha o uso do cartão?

O sistema de transporte de Brasília usa de tecnologia para ter certeza de que o cartão de gratuidade escolar está sendo usado para os fins apropriados.

Isso inclui biometria facial nos veículos e também nos terminais: caso os traços do rosto não sejam reconhecidos como da pessoa cadastrada, a gratuidade é negada.

O Passe Livre estudantil DF só pode ser utilizado em dias letivos e no horário de aula da pessoa cadastrada.

Por exemplo, quem estuda no período da tarde não poderá usar o cartão para circular durante a manhã, já que se entende que a pessoa não está indo à escola.


Dificuldades com o Passe Livre estudantil DF: como proceder?

Qualquer estudante ou responsável legal que não esteja conseguindo cadastrar-se no site, ou cujo cartão deixou de funcionar, ou ainda se foi extraviado, pode entrar em contato pelo telefone 156; nos dois menus seguintes, deve-se escolher opção 4 e 1, respectivamente.

A DFTrans também pode conceder informações aos usuários da gratuidade e interessados nela; o site oficial dessa empresa é acessado aqui.

Quem tem direito ao Passe Livre estudantil DF


Orientações de segurança sobre o Passe Livre estudantil DF

  • O pedido de gratuidade escolar tem de ser feito somente no site da DFTrans. É sempre possível que outras páginas aleguem que realizam o cadastro para o Passe Livre, mas é apenas tentativa de roubo de dados, em especial de CPF;
  • Caso o responsável ou o estudante comecem a solicitação de gratuidade e descubram que a escola não está cadastrada, deve-se contatar a secretaria e comunicar a necessidade desse cartão;
  • No caso de o Passe Livre estudantil DF ser roubado, é preciso fazer um boletim de ocorrência na delegacia da região.
Quem tem direito ao Passe Livre estudantil DF
5 (100%) 1 voto

Deixe um comentário