FIES Inscrição

Neste texto você pode conferir todas as informações sobre a inscrição FIES; veja também quem tem direito a participar do programa e como emitir o boleto FIES

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Governo Federal que beneficia estudantes em todo o Brasil, facilitando o pagamento da graduação em instituições privadas.

O objetivo do programa é ajudar jovens e adultos a conquistar o sonhado diploma no ensino superior.

No primeiro semestre de 2018, o governo fez mudanças no FIES, chamando-o de Novo FIES. O novo modelo já está em prática, então é bom ficar atento.

Confira aqui todas as informações sobre o financiamento estudantil e suas vantagens.

FIES Inscrição


Como funciona o FIES

No FIES, o governo ajuda os estudantes no pagamento das mensalidades em instituições privadas de ensino superior.

O aluno paga taxas menores durante o curso, mas precisa quitar o resto da dívida depois que se formar.

Sendo assim, o valor do curso não será reduzido. Ele será financiado, pago em mais tempo e com juros baixos.

Cada tipo de financiamento é separado por modalidades.


Modalidades de Financiamento do FIES

O financiamento para cada pessoa muda de acordo com a renda familiar. Quanto menor a renda do candidato, melhores os benefícios.

O FIES tem três modalidades de financiamento. Confira qual é a ideal para você:

  • Modalidade I: Apenas estudantes com renda familiar de até 3 salários mínimos por pessoa podem participar dessa modalidade. As parcelas são calculadas considerando o limite de renda do aluno. O pagamento do curso é feito sem juros.
  • Modalidade II: destinada apenas às regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, para candidatos com renda familiar per capita de até 5 salários mínimos.
  • Modalidade III: disponível em todo o Brasil. Também destinada a alunos com renda familiar per capita de 5 salários mínimos.

Como calcular a renda mensal per capita?

Para calcular a renda mensal per capita, basta somar todas as rendas que entram na casa e dividir esse resultado pelo número de moradores.


Diferenças entre FIES e PROUNI

É comum que o PROUNI e o FIES sejam confundidos por se tratarem de dois programas do governo destinados ao Ensino Superior. Mas eles funcionam de maneira bem diferente:

  • O FIES é um financiamento. O aluno vai adiar o pagamento completo do curso enquanto é estudante, mas precisará quitar as mensalidades quando terminar a graduação.
  • Já no PROUNI, não há mensalidade a ser paga depois. O aluno pode conseguir a bolsa integral (curso 100% gratuito) ou a bolsa de 50% (paga metade da mensalidade enquanto ainda estuda).

O Ministério da Educação tem regras diferentes para admitir beneficiários nesses dois programas.


É possível aproveitar o FIES e o PROUNI ao mesmo tempo?

Sim! É possível fazer parte dos dois programas ao mesmo tempo, desde que seja no mesmo curso.

Por exemplo: um estudante consegue bolsa de 50% para seu curso de psicologia pelo PROUNI. A outra metade da mensalidade, que ele deveria pagar enquanto estuda, pode ser financiada pelo FIES.

Ou seja: ele terá gratuidade em metade da mensalidade e o que restar pode ser pago em suaves parcelas.


Quem tem direito a participar do FIES

Para se inscrever no FIES, o estudante precisa:

  1. Ter feito o ENEM a partir de 2010 (notas anteriores não serão admitidas);
  2. Conseguir a nota mínima de 450 pontos no ENEM;
  3. Não zerar a nota da redação no ENEM;
  4. Ter renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos.

Como funciona a seleção do FIES?

Para determinar a lista de alunos contemplados pelo financiamento, o governo pré-seleciona os candidatos com as melhores notas no ENEM e preenche as vagas ofertadas.

Depois que o processo é concluído, é possível que alguns alunos já aprovados desistam das vagas. Então o governo abre as inscrições para preencher essas vagas remanescentes.

O calendário completo com a abertura de vagas comuns e remanescentes é divulgado a cada ciclo do FIES.

FIES Inscrição


Como fazer a inscrição no FIES

A inscrição para o FIES é feita exclusivamente pela internet e apenas nas datas determinadas pelo governo. Siga esses passos para tentar uma vaga no financiamento:

  1. Acesse o site http://fiesselecao.mec.gov.br/;
  2. Adicione as informações pessoais: CPF, data de nascimento, e-mail e senha;
  3. O sistema enviará automaticamente uma mensagem pro seu e-mail;
  4. Abra seu e-mail e valide o cadastro;
  5. Você já será direcionado para o site FIES Seleção;
  6. Faça sua inscrição acrescentando as informações pedidas;
  7. Selecione a faculdade e curso do seu interesse;
  8. Pronto, agora é só aguardar o resultado da pré-seleção!

Fui pré-selecionado pelo FIES; e agora?

Depois que é pré-selecionado, é hora do estudante oficializar sua inscrição no FIES. Isso deverá ser feito no site SisFIES em até 5 dias corridos após a divulgação da pré-seleção.

O  SisFIES é o cadastro central de estudantes, faculdades e instituições envolvidas no programa.

  1. Acesse o site http://sisfiesaluno.mec.gov.br/seguranca/principal;
  2. Adicione seu CPF e senha;
  3. Confirme seus dados;
  4. Selecione seu financiamento e conclua sua inscrição;
  5. Procure sua instituição de ensino para validar seus dados junto à Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) em até 10 dias corridos a contar da data de sua inscrição no SisFIES.
  6. Contados 3 três depois do comparecimento na instituição de ensino, o estudante terá mais 10 dias corridos para assinar o contrato no agente financeiro escolhido na inscrição no SisFIES (caixa ou Banco do Brasil).

Como funciona o aditamento do FIES

Ao concluir a inscrição e todas as comprovações, o estudante pode finalmente começar seu curso superior! Mas, mesmo assim, não pode descuidar do seu financiamento.

A cada seis meses, é obrigatório fazer o aditamento do FIES, ou seja, a renovação do contrato. Deixar passar o período de aditamento suspende o contrato e os benefícios.

Quem determina a data dos aditamentos são as próprias faculdades, mas acontecem sempre nos períodos de encerramento de semestre.


Como fazer o aditamento do FIES

Para fazer a renovação do seu contrato, siga esses passos:

  1. Acesse o SisFIES com seu login e senha;
  2. Confira se seus dados estão corretos;
  3. Se estiverem, solicite à Comissão Permanente o seu “Documento de Regularidade de Matrícula” (DRM).
  4. Se alguma informação estiver errada, solicite a correção à Comissão Permanente e acompanhe no site até o erro ser retificado. Em seguida, solicite seu DRM.

Esse aditamento mais simples, sem mudanças contratuais, é o aditamento simplificado.

Mas se houver alguma alteração no seu contrato, como valor da parcela ou fiador, é preciso procurar o banco administrador do seu FIES, após seguir os passos acima.

No banco, será feito o aditamento não simplificado.


Como emitir o boleto do FIES

Para imprimir seu boleto do FIES:

  1. Acesse o site https://www3.caixa.gov.br/fies/asp/boleto/boletoonline2.asp
  2. Insira seu CPF ou número de contrato e data de nascimento
  3. Clique em “Iniciar Operação”

Seu boleto será exibido a seguir.


Telefone Caixa FIES

A Caixa Econômica Federal atende ao público no telefone 0800 726 0101.

Já o telefone para tirar dúvidas gerais do programa FIES é o 0800 616161.

As informações foram úteis para você? Deixe a sua opinião!

Deixe um comentário