Como funciona o passe livre da EMTU

Acompanhe neste artigo todas as informações sobre o passe livre EMTU e saiba como solicitar o benefício

O Estado de São Paulo tem milhões de estudantes indo e vindo todos os dias: pode ser de faculdade, da educação básica, de cursinhos preparatórios, etc.

Uma parte significativa desses estudantes transita usando o transporte público e, para aliviar um pouco o bolso dessas pessoas, a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos tem o conhecido passe livre.

Se você não o conhece, informe-se neste artigo sobre como funciona o passe livre da EMTU.

Como funciona o passe livre da EMTU


Principais características do o passe livre da EMTU

O passe livre da EMTU é de uma forma de simplificar o pagamento de passagens de transporte público disponível para os estudantes e os professores que circulam pelo Estado de São Paulo, desde que estejam se dirigindo ou voltando de seu lugar de estudo/trabalho.

Também chamado por muitos de “passe escolar”, ele foi criado em 2015 e também serve para quem usa a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

O surgimento do passe livre da EMTU teve como intenção garantir que os estudantes não deixassem a escola por não poderem arcar com o transporte diário.

Isso porque nem sempre os alunos conseguem se matricular em unidades escolares próximas à sua casa e essa dificuldade aumenta quando se trata de ensino superior.


Quem tem direito ao passe livre da EMTU

Para ter direito ao uso do passe livre da EMTU, o cidadão deve:

  • Morar e estudar em cidades diferentes;
  • Não usar nenhuma outra gratuidade de transporte;
  • Ter cadastrado no site EMTU;

Como solicitar o passe livre da EMTU

O passe livre da EMTU precisa ser requisitado pelo site da empresa. Veja como proceder:

  • Acesse aqui;
  • Clique em “Requisite aqui”, que está na cor verde;
  • Coloque as informações pessoais pedidas;
  • Clique nas opções de linhas de ônibus usadas ´para ir e voltar da escola ou universidade. Se o solicitante usa mais de uma linha, pode colocar todas elas;
  • A EMTU gerará um boleto e, normalmente, o seu valor é de 7 passagens;
  • Com ele pago, o requisitante espera duas semanas, mais ou menos, para o seu passe livre ficar pronto

Documentos para solicitar o passe livre da EMTU

No cadastro para a solicitação do passe livre da EMTU haverá um campo no qual a pessoa precisará inserir os seus comprovantes de escolaridade, ou seja, o estudante terá de provar que está regularmente matriculado e que precisa se deslocar.

Geralmente, os documentos que a EMTU pede são:

  • Declaração de matrícula;
  • Documento que comprove que a pessoa é beneficiária do Programa Universidade para Todos (ProUni) ou do Financiamento Estudantil (Fies)

Vale explicar que o passe livre da EMTU não é apenas para os beneficiários desses programas do Ministério da Educação; os documentos mencionados são pedidos somente como um comprovante de escolaridade.

Para os professores, será necessário comprovar o exercício da profissão.

Além disso, todas as pessoas que pedem o passe escolar da EMTU pela primeira vez deverão enviar uma foto 3×4 atualizada e tudo isso, claro, deverá estar digitalizado.


Como carregar o bilhete da EMTU

Como funciona o passe livre da EMTU

O passe livre da EMTU ajuda o estudante ou o professor a economizar no transporte e, se eles precisarem carregar o bilhete, podem fazer isso na rede autorizada da EMTU:

  • Rede QIWI;
  • PLANVALE;
  • Rede SIGA;
  • Rede Ponto Certo;
  • Poupatempo Itaquera;
  • Poupatempo Suzano;
  • Poupatempo Taboão da Serra;
  • Poupatempo Guarulhos;
  • Poupatempo Osasco;
  • Poupatempo São Bernardo do Campo

O usuário do passe livre da EMTU também pode fazer a compra dos créditos diretamente no site:

  • Clique aqui para o sistema Recarga Fácil;
  • Selecione “Compre créditos transporte”;
  • Escolha o valor do crédito;
  • Inserira o número do passe escolar;
  • Imprima a fatura

Segunda via do passe livre EMTU

O passe livre da EMTU pode ser perdido, danificado ou roubado/furtado, e o estudante ou professor deve pedir a segunda via, mas unicamente pelo telefone 0800 77 11 800.

Apenas o próprio usuário do passe livre da EMTU ou o seu responsável legal poderão fazer o pedido de segunda via, entre 7h e 20h, de segunda a sábado.

Se o passe escolar for perdido, roubado ou furtado, indica-se que o usuário ou o seu responsável legal procure a Polícia Militar ou a Polícia Civil e faça um boletim de ocorrência.

Para fazer o B.O. via Delegacia Eletrônica, é necessário:

  • Clicar aqui;
  • Clicar em “Furto ou Perda de Documentos e/ou Objetos”;
  • Selecionar “Documentos e/ou Objetos”;
  • Informar tudo o que o sistema da Delegacia Eletrônica de São Paulo requisitar

O usuário do passe livre da EMTU que faz o boletim de ocorrência deve imprimi-lo ou ao menos salvá-lo no computador, pois o formulário de segunda via poderá pedir a confirmação de que o passe anterior foi perdido, roubado ou furtado.

Importa dizer também que a EMTU cobra 5 passagens pela emissão da segunda via do passe livre.

Como funciona o passe livre da EMTU
5 (100%) 1 voto

Deixe um comentário