Categoria: Bolsa Família

Como desbloquear o Bolsa Família bloqueado 2019

Veja o passo a passo para desbloquear Bolsa Família bloqueado 2019

A quantidade de brasileiros que têm o respaldo do Bolsa Família chega aos milhões, sendo esse um dos projetos mais abrangentes do Ministério do Desenvolvimento Social.

Sendo pago às famílias desde o ano de 2007, os benefícios variáveis e básicos ajudam a população que integra a extrema pobreza ou a pobreza, assegurando mais dignidade.

Os benefícios variáveis que foram mencionados são os destinados às casas com lactantes, com crianças até 15 anos, com grávidas e com jovens entre 16 e 17 anos e os valores ficam entre R$ 41 e R$ 48,00 adicionais ao benefício básico; este é de R$ 89,00.

Para que o Bolsa Família seja permitido, a família em questão tem de comprovar que a renda per capita fica compreendida entre os R$ 178,00 e os R$ 89,00.

Para a comprovação, será necessário especificar todos os moradores da casa e a sua renda formal.

As solicitações desse benefício precisam ser feitas no Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) ou, na ausência deste, na Prefeitura.

Em até três meses, a família será avisada se o benefício social será pago ou não, recebendo orientações (em caso positivo) sobre os saques.


Desbloquear Bolsa Família suspenso por falta à escola em 2019

Algumas famílias podem ficar surpresas ao tentar sacar seu benefício e não conseguirem porque ele está suspenso.

Isso acontece bastante, mas existem situações que justificam essa suspensão, como a não frequência escolar adequada.… Clique aqui para ler todas as informações

Como receber o conversor digital do Bolsa Família

Veja o que você precisa fazer para receber o conversor digital Bolsa Família grátis

As pessoas que recebem o Bolsa Família não apenas têm uma ajuda financeira como são beneficiadas em situações nas quais teriam de gastar: é o caso da compra do conversor digital.

O Brasil está digitalizando todo o seu sinal de TV, com o objetivo de desligar definitivamente o sinal analógico.

Uma vez que os cidadãos que estão na extrema pobreza ou pobreza não teriam condições de comprar esse equipamento, o Ministério do Desenvolvimento Social garante a eles a entrega gratuita.

Com isso, as famílias não ficam sem assistir televisão, que é uma das diversões principais dos brasileiros, e também não se prejudicam financeiramente.

Contudo, não basta que o cidadão tenha direito ao conversor: para recebe-lo, é necessário cadastrar-se e solicitá-lo. Além disso, é importante que esse benefício social não esteja cancelado por causa de não cumprimento de regras, como a falta de atualização cadastral.


Como se Cadastrar para receber o conversor digital do Bolsa Família

Os beneficiários do Bolsa Família que desejarem o conversor precisam se cadastrar em “Seja Digital”: http://www.sejadigital.com.br/home. No botão “Alterar”, eles terão de clicar na sua cidade e depois em “Agende já a retirada do seu kit”.

O Ministério do Desenvolvimento Social terá vários postos nos quais os cidadãos poderão pegar os seus conversores e, para ver cada posto, é necessário colocar o CPF ou o número NIS.

É recomendado que os beneficiários que têm celular deixem o seu número no sistema para que o Seja Digital faça contato, se necessário.… Clique aqui para ler todas as informações

4 motivos que fazem o Bolsa Família ser bloqueado

O Governo Federal possui uma nova ferramenta de fiscalização para bloqueio do Bolsa Família.

A possibilidade de cruzar informações de diferentes bancos de dados, como CadÚnico, INSS, Rais, Caged e CNPJ, permite descobrir quais famílias recebem renda acima da declarada e continuam inscritas no programa social.

Após analisar cadastros, o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) constatou-se que que 1,136 milhão de benefícios se encontram em situação irregular. Desses, 469 mil foram cancelados e outros 667 mil bloqueados.

Confira os principais motivos que podem levar à suspensão do Bolsa Família:

  1. Ausência de saque

O benefício monetário do Bolsa Família deve ser sacado em no máximo 90 dias. Caso haja ausência de saque ou movimentação de conta por mais de seis meses, o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário entende que a família não precisa mais da assistência financeira e realiza o desligamento automaticamente.

  1. Cadastro desatualizado

As famílias inscritas no programa devem ficar atentas para não perder o prazo de atualização cadastral Bolsa Família. Esse procedimento é obrigatório a cada dois anos.

Se não realizada a atualização cadastral dentro do prazo, o responsável pelo benefício fica com o auxílio retido.

Caso conste alguma irregularidade no momento da atualização cadastral, a família é imediatamente desligada do programa.

Bolsa Família

  1. Renda acima da declarada

Como já explanado anteriormente, o Governo Federal possui uma nova ferramenta de fiscalização e muitas famílias estão tendo o benefício cancelado por apresentarem renda acima do valor permitido pelo programa.… Clique aqui para ler todas as informações