Como funciona a tarifa social da Coelba

Veja as instruções e saiba como pedir a tarifa social Coelba

A sociedade moderna não consegue mais viver sem eletricidade, e é tarefa do Estado proporcioná-la a todos, mesmo àquelas pessoas que têm dificuldade para fazer o pagamento da tarifa integral.

Para que esses cidadãos não deixem de ter acesso à eletricidade, foi instituída o que é chamada de “tarifa social”.

Se você mora na Bahia, veja agora como funciona a tarifa social da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia, a Coelba.


O que é a tarifa social da Coelba

A tarifa social da Coelba é uma forma adaptada de a empresa cobrar pela eletricidade de certos cidadãos.

Quem é beneficiado pode pagar bem menos a cada mês e, em certos casos, até usar eletricidade de graça: dependerá de quanto a residência vai consumir de kWh.

É importante explicar que nenhuma casa beneficiada com a tarifa social tem eletricidade totalmente liberada com desconto: é necessário que os moradores dessa casa utilizem uma quantidade menor de energia.

Na prática, então, os consumidores de baixa renda são incentivados a economizar na energia elétrica e, em contrapartida, têm acesso mais barato a ela.


Quem pode pedir a tarifa social da Coelba?

A tarifa social da Coelba, assim como a tarifa social aplicada em outros Estados e por outras empresas de energia, é disponibilizada à população com baixa renda per capita comprovada.

Para ser considerada de baixa renda, é necessário:

  • Possuir três salários mínimos totais como renda e estar incluso no Cadastro Único da Prefeitura;
  • Possuir até metade de um salário mínimo como renda per capita e estar incluso no Cadastro Único para Programas Sociais;
  • Possuir alguém que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC), que costuma ser conhecido como LOAS.
Clique aqui para ler todas as informações

Como funciona o passe livre da EMTU

Acompanhe neste artigo todas as informações sobre o passe livre EMTU e saiba como solicitar o benefício

O Estado de São Paulo tem milhões de estudantes indo e vindo todos os dias: pode ser de faculdade, da educação básica, de cursinhos preparatórios, etc.

Uma parte significativa desses estudantes transita usando o transporte público e, para aliviar um pouco o bolso dessas pessoas, a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos tem o conhecido passe livre.

Se você não o conhece, informe-se neste artigo sobre como funciona o passe livre da EMTU.

Como funciona o passe livre da EMTU


Principais características do o passe livre da EMTU

O passe livre da EMTU é de uma forma de simplificar o pagamento de passagens de transporte público disponível para os estudantes e os professores que circulam pelo Estado de São Paulo, desde que estejam se dirigindo ou voltando de seu lugar de estudo/trabalho.

Também chamado por muitos de “passe escolar”, ele foi criado em 2015 e também serve para quem usa a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

O surgimento do passe livre da EMTU teve como intenção garantir que os estudantes não deixassem a escola por não poderem arcar com o transporte diário.

Isso porque nem sempre os alunos conseguem se matricular em unidades escolares próximas à sua casa e essa dificuldade aumenta quando se trata de ensino superior.


Quem tem direito ao passe livre da EMTU

Para ter direito ao uso do passe livre da EMTU, o cidadão deve:

  • Morar e estudar em cidades diferentes;
  • Não usar nenhuma outra gratuidade de transporte;
  • Ter cadastrado no site EMTU;

Como solicitar o passe livre da EMTU

O passe livre da EMTU precisa ser requisitado pelo site da empresa.… Clique aqui para ler todas as informações

Quem tem direito ao Bolsa Atleta?

Conheça as regras estabelecidas pelo governo e saiba quem pode receber os benefícios do Bolsa Atleta

O Brasil tem muitos atletas em diversas modalidades: basta acompanhar os jogos Panamericanos, jogos Olímpicos e outras competições para ver quantos participantes representam o nosso país.

Contudo, ser atleta não é algo barato: é necessário nutrição especial, lugar para treinar e, claro, um treinador capacitado.

O Programa Bolsa Atleta foi criado pelo Ministério do Esporte justamente para que esses esportistas tenham respaldo financeiro.

Veja a partir de agora quem tem direito ao Bolsa Atleta.


Como funciona o programa Bolsa Atleta

O Bolsa Atleta tem um período específico de inscrições e, depois, os inscritos têm de mandar certos documentos ao Ministério do Esporte, todos eles descritos no edital que a pasta publica.

A comissão do programa de incentivo analisará todos os documentos e os contemplados pela bolsa serão relacionados no Diário Oficial da União.

As pessoas contempladas terão de comparecer aos locais que o edital indica para assinar o termo de adesão e, a partir de então, começar a receber o auxílio financeiro do Bolsa Atleta.

Os atletas que são contemplados precisam fazer a prestação de conta todos os anos, informando ao Ministério do Esporte como o auxílio está sendo gasto: se é em equipamentos, em uniforme, em tratamento médico, em alimentação, em transporte, etc.

Essa prestação de contas por parte do beneficiário precisa ser feita no site do programa Bolsa Atleta, e o governo federal tem modelos específicos para as categorias de base (internacional, paraolímpico/olímpico, base e nacional), estudantil e atleta pódio.… Clique aqui para ler todas as informações

Como funciona a tarifa social da Celpe

Confira as regras e saiba o que é necessário para conseguir a tarifa social Celpe

A energia elétrica se tornou indispensável para as pessoas em todo os lugares: em certos casos, ela é necessária até para manter a saúde, o que ocorre com quem tem necessidade de ficar conectado a equipamento médicos.

Infelizmente, uma quantidade considerável de brasileiros tem dificuldade para pagar a energia elétrica e o governo federal garante a estes o abastecimento por meio da tarifa social.

A Celpe, que abastece os imóveis de Pernambuco, tem a tarifa social para pessoas que economizam nos kWh e, ao mesmo tempo, que tenham dificuldades financeiras.

Veja agora como funciona a tarifa social da Celpe.


O que é a tarifa social da Celpe?

O que é a tarifa social da Celpe?

A tarifa social da Celpe é um programa de ajuda às pessoas que têm baixa renda, ou seja, não é uma promoção.

O consumidor que se cadastra na tarifa social dessa empresa continua pagando menos na conta de energia elétrica continuamente, desde que continua economizando no consumo.

A comprovação de que a tarifa social não é uma promoção é dada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel): ela mesma explica os termos para que as diversas empresas de energia (não apenas a Celpe) concedam essa tarifa social.

Vale dizer que essa medida também existe para o consumo de água: as empresas de saneamento oferecem a tarifa social aos cidadãos que não conseguiriam ter acesso à água e tratamento de esgoto se tivessem de pagar uma conta convencional.… Clique aqui para ler todas as informações

Como funciona a tarifa social da Sabesp

Neste artigo você pode conferir as regras da tarifa social Sabesp e saber quais são as exigências para receber o benefício

Para muitos, a tarifa cobrada pelo tratamento de esgoto e fornecimento de água tratada está fora do orçamento.

As pessoas com dificuldade para pagar a conta integral de água costumam ser as assistidas por programas sociais e é claro que o governo paulista deseja assegurar que elas tenham acesso ao serviço.

Assim, a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), tem uma cobrança adaptada a esses cidadãos, chamada de tarifa social.

Se você mora no Estado e está com problemas para quitar essa conta, descubra os critérios para a tarifa social e como pedi-la.


O que é a tarifa social da Sabesp?

A tarifa social representa um desconto considerável na cobrança mensal, mas ele não é concedido “à toa”: é necessário que os consumidores contemplados economizem água.

As pessoas que pedem a tarifa social e que comprovam possuir os requisitos pagam menos todos os meses; se o consumo de água ultrapassar o ordenado pela Sabesp, no entanto, esse desconto diminui.

Deve-se deixar claro que a tarifa social não quer dizer que, obrigatoriamente, os moradores não pagarão nada de conta de água: isso só ocorrerá se for economizada a quantidade máxima.

Como funciona tarifa social Sabesp


Regras para da tarifa social da Sabesp

A Companhia de Saneamento do Estado de São Paulo tem alguns critérios para liberar a tarifa social, sendo:

  • Morar em lugar considerado subnormal – a classificação do lugar é realizada por cada prefeitura e significa que ele apresenta insalubridade;
  • Consumir, por mês, até 170 kWh;
  • Renda total da família de até três salários mínimos;
  • Utilizar o sistema monofásico de energia;
  • O imóvel deve ter 60 mil metros quadrados ou menos de área útil

As pessoas que pedem a tarifa social a Sabesp devem atender aos quatro critérios acima.… Clique aqui para ler todas as informações

Como funciona a tarifa social da Cemig

Entenda como funcionam as regras da tarifa social Cemig e saiba o que fazer para ter direito ao benefício

O uso de energia elétrica é classificado como uma necessidade, ainda mais na sociedade moderna.

Todavia, é verdade que muitos não têm condição de arcar com as tarifas comuns para esse serviço, interferindo na saúde, no lazer e na escolarização. Para que toda a população consiga ter eletricidade, instituiu-se a tarifa social.

Ela delimita a quantidade de energia elétrica que determinado imóvel pode usar e, em contrapartida, reduz o valor cobrado.

Esse tipo de tarifa está à disposição em todos os Estados do país e você vai aprender mais agora sobre a tarifa social da CEMIG (Companhia Energética de Minas Gerais).


Como funciona o conceito de tarifa social

A tarifa social, como é possível perceber, não é uma iniciativa da CEMIG especificamente, pois é aplicada em vários Estados.

Na realidade, ela é de criação do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), a mesma pasta responsável por programas como o Bolsa Família.

Para solicitar essa modalidade de tarifa, o consumidor precisa ter renda per capita de meio salário mínimo ou menos; além disso, é mais comum que ela seja autorizada apenas para imóveis residenciais.

Além de comprovar a renda per capita mencionada, os solicitantes da tarifa social precisam ser beneficiários do BPC ou constarem na lista do Cadastro Único, que é a forma de o MDS organizar quem necessita de auxílio social.

Como funciona a tarifa social da Cemig


Como funciona a tarifa social da CEMIG

A respeito da tarifa social da CEMIG, a renda per capita mencionada acima segue valendo, mas há uma especificidade: quando alguém da família precisa de aparelhos médicos constantemente, a renda per capita aceita passa a ser de até três salários mínimos.… Clique aqui para ler todas as informações

Como funciona o Vale Gás?

Os benefícios sociais servem para proporcionar qualidade de vida às pessoas com poucas condições financeiras.

Um desses benefícios é o Vale Gás, que começou a ser distribuído à população brasileira em 2001 e que visa dar acesso à compra de gás para cozinhar.

De 2001 para 2019, o governo federal realizou mudanças na forma de pagar esse benefício; entenda como ele funciona hoje.


Regras para receber o Vale Gás

Quando criado, o Vale Gás era pago separadamente, ou seja, as famílias recebiam R$ 15,00 a cada sessenta dias.

Atualmente, as pessoas em condição de carência social recebem o Bolsa Família, no qual o Vale Gás já está incluído.

Dessa maneira, quem precisa desse auxílio para a compra de gás também deve ser beneficiária do Cadastro Único.

O critério é apresentar renda per capita máxima de R$ 1780,00 e, em caso de haver menores de idade, constar 75% de presença na escola.

Destaca-se, então, que as pessoas que têm o Bolsa Família automaticamente são beneficiadas com o Vale Gás, sem ter necessidade de fazer nenhuma solicitação especial.

Como funciona o Vale Gás?


Como funciona o pagamento do Vale Gás

Quando alguém é beneficiado com o Bolsa Família (e, consequentemente, com o Vale Gás), os pagamentos acontecem na Caixa Econômica Federal e não é preciso abrir uma conta.

Essas pessoas recebem um cartão especial chamado Cartão Bolsa Família e é só levá-lo, bem como um documento original de identificação com foto.

Os beneficiários podem também sacar a quantia do Bolsa Família/Vale Gás nas casas lotéricas e Correspondentes Caixa Aqui.… Clique aqui para ler todas as informações

Quem tem direito a receber a Tarifa Social de Água

Existe um grande movimento para que a água tratada chegue a todas as pessoas do Brasil, o que é indispensável.

Contudo, muitos cidadãos não conseguem arcar com a tarifa comum que as empresas de saneamento cobram, o que gera as ligações clandestinas ou o consumo de água em má condição.

É para garantir que todas as pessoas poderão ter acesso à água de qualidade que foi criada a Tarifa Social de Água.

Quem se cadastra paga menos nesse tipo de conta. É possível aderir a essa tarifa social em todo o país; veja neste texto quem tem direito.


Como funciona a Tarifa Social de Água

As companhias de saneamento e abastecimento não podem tratar esgoto e fornecer água de maneira completamente gratuita.

Porém, ela pode cobrar um valor simbólico às famílias com dificuldade financeiras severas, como as que estão em situação de pobreza.

Isso quer dizer que o imóvel recebe as contas de água todos os meses, mas a cobrança é diferente daquelas realizadas nos demais.

Quando as pessoas que residem no imóvel não se encaixarem mais nas regras que o governo estadual determinar, a distribuidora de água voltará a usar a tarifa comum.

E alguns Estados, essa tarifa é permitida por determinado tempo: a família é avaliada de novo para a confirmação dos critérios.

Além disso, a área do imóvel também conta (em alguns lugares do Brasil): no Paraná, por exemplo, não pode ter Tarifa Social de Água o imóvel com mais de 70 metros quadrados construídos.… Clique aqui para ler todas as informações

Como desbloquear cartão do Bolsa Família

Quer saber o que é necessário para desbloquear o cartão do Bolsa Família? Neste post nós explicamos todas as opções para realizar o desbloqueio rapidamente

Abrangendo todo o Brasil, o programa Bolsa Família disponibiliza benefícios em dinheiro para famílias de baixa renda.

O montante pode ser utilizado para a manutenção das despesas da casa, compra de roupa e outras coisas que sejam necessárias.

As famílias beneficiárias podem ter vários perfis, inclusive com a existência ou não de menores de idade.

Para que as pessoas continuem a receber o dinheiro mensal, devem estar em conformidade com as exigências do Ministério do Desenvolvimento Social.


Quem tem direito a receber o Bolsa Família?

Para receber o Bolsa Família, basta que as pessoas solicitantes tenham renda per capita máxima de R$ 178,00.

Os cidadãos têm de comprovar ao Ministério do Desenvolvimento Social que não possuem meios de arcar com as suas despesas básicas e que necessitam da quantidade a mais de dinheiro que o Bolsa Família oferece.

Os valores pagos aos assistidos costumam ser de até R$ 300,00; para conseguir essa quantia, é necessário que se receba o benefício básico (de R$ 89,00) e algum adicional.

Estes são de R$ 48,00 quando existem adolescentes entre 16 e 17 anos residindo oficialmente na casa, e de R$ 41,00, quando existem lactantes, crianças e grávidas sendo parte oficial da família.

Como desbloquear cartão do Bolsa Família


 Como desbloquear o cartão do Bolsa Família

Sempre que os cidadãos solicitam o benefício do Bolsa Família e que a solicitação é aprovada, eles recebem o cartão para movimentar o benefício.… Clique aqui para ler todas as informações

Quem tem direito ao Passe Livre estudantil DF

Confira as orientações e saiba como receber os benefícios do Passe Livre Estudantil DF

Os gastos com transporte coletivo são um dos fatores que mantêm tantas pessoas fora da escola.

Por causa da impossibilidade de pagar pelo metrô, ônibus e outros, esses cidadãos abandonam as suas aulas, mas isso é reduzido no Distrito Federal por causa do Passe Livre estudantil.

Se você mora nessa área do Brasil, entenda mais sobre ele neste artigo.


O que é o Passe Livre estudantil DF?

O Passo Livre Estudantil DF é um cartão emitido a todos os estudantes da rede particular e pública e, com ele, essas pessoas ganham gratuidade total para usar os ônibus em seu trajeto para a escola.

Possuindo o Passe Livre Estudantil, os alunos e os seus responsáveis não têm de se preocupar com os gastos mensais com transporte, já que será possível transitar pela região todos os dias letivos sem nenhum custo.

Esse cartão é, todavia intransferível e apenas para uso em trajeto escolar.

Sendo assim, o estudante não deve deixar que outra pessoa use o seu Passe Estudantil DF, muito menos usá-lo para ir a qualquer outro lugar que não seja a escola.

Quem tem direito ao Passe Livre estudantil DF


Quem tem direito ao Passe Livre estudantil DF?

É preciso somente que o estudante more no Distrito Federal e que comprove que está regularmente matriculado em qualquer ano e em qualquer escola particular ou pública.

Os parceiros para essa gratuidade estudantil são a empresa Transportes Coletivos Brasília (TCB), o Metrô Brasília e o Departamento Urbano do Distrito Federal.… Clique aqui para ler todas as informações